sábado, 16 de maio de 2009

CARTA ABERTA À COMUNIDADE SURDA PARANAENSE!



Recentemente, a comunidade surda paranaense ganhou destaque no cenário nacional pelo fato de uma escola pública para surdos, de Curitiba, ter sido classificada como a segunda pior do Brasil, no Enem.
Fatos como esse, amplamente noticiados por veículos de destaque, como o Jornal Gazeta do Povo e a Rede Globo, contribuem para reforçar preconceitos sobre a natural incapacidade e limitação dos surdos para aprender.
Nós, os surdos, seus familiares, profissionais da área e simpatizantes que militam pela defesa dos direitos sociais dos surdos, como a bandeira de uma educação de qualidade, não podemos mais deixar calar nossa indignação!
Se o desempenho dos surdos nas avaliações oficiais é baixo, significa que sua EDUCAÇÃO É DESQUALIFICADA E NÃO RESPEITA SUA DIFERENÇA LINGUÍSTICA.
Esse é o momento de nos unirmos e mobilizarmos nossas forças para denunciar o descaso e desrespeito do Poder Público frente à conquista histórica do reconhecimento político da LÍNGUA DE SINAIS BRASILEIRA - LIBRAS pela comunidade surda brasileira e sua incorporação a todos os setores da vida social.
Lutemos para o IMEDIATO cumprimento de todos os direitos conquistados pela comunidade surda brasileira, assegurados pela Lei de Libras e pelo Decreto 5626/2005.
NÓS, OS SURDOS PARANAENSES, REIVINDICAMOS:
I - O direito à COMUNICAÇÃO e ENSINO em Libras, nas escolas onde estudamos!
II - Aprender o PORTUGUÊS como SEGUNDA LÍNGUA, com processos avaliativos que respeitem nossa diferença lingüística!
III - EDUCAÇÃO BILÍNGUE em todas as escolas de Educação Básica freqüentadas por alunos surdos!
IV - CONCURSO PÚBLICO e CONTRATAÇÃO IMEDIATA de professores surdos para atuar nas escolas!
V- Inclusão da DISCIPLINA DE LIBRAS em 20% dos cursos de formação de professores, nas universidades públicas e privadas, ministradas preferencialmente por PROFESSORES SURDOS, como prevê o Decreto 5626, até 2009.
VI - INTÉRPRETES DE LIBRAS e profissionais capacitados para a comunicação com surdos, nos serviços públicos e locais de trabalho dos surdos, com destaque à ESCOLA!
Queremos denunciar o FRACASSO DO PODER PÚBLICO em atender nossos direitos, que encobrem a real condição da educação dos surdos nas escolas brasileiras com PROFESSORES DESPREPARADOS EM LIBRAS E PROPOSTAS PEDAGÓGICAS BILÍNGUES APENAS NOS DISCURSOS!
Queremos professores surdos, professores ouvintes bilíngües, um currículo que contemple as manifestações artísticas e culturais dos surdos e que permita conhecer a história do povo surdo e a opressão da língua de sinais, no último século!

Convidamos para a
CAMINHADA EM DEFESA DA OBRIGATORIEDADE DA LÍNGUA DE SINAIS NAS ESCOLAS!

DIA: 01 DE JUNHO DE 2009
HORÁRIO : 9h30

PERCURSO:
Concentração na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, em direção ao Centro Cívico (Prefeitura Municipal de Curitiba, Assembléia Legislativa, Palácio Iguaçu).


Notícias como esta, amplamente veiculados por mídias de destaque como o Jornal Gazeta do Povo e a Rede Globo, entre outros, contribuem para reforçar preconceitos sobre a natural incapacidade e limitação dos surdos para aprender.
Nós, surdos, seus familiares, profissionais da área e simpatizantes que militam pela defesa dos direitos sociais dos surdos, como a bandeira de uma educação de qualidade, não podemos mais deixar calar nossa indignação!
Se o desempenho dos surdos nas avaliações oficiais é baixo, significa que sua EDUCAÇÃO É DESQUALIFICADA E NÃO RESPEITA SUA DIFERENÇA LINGUÍSTICA é
Este é o momento de nos unirmos e mobilizarmos nossas forças para denunciar o descaso e desrespeito do Poder Público frente a conquista histórica do reconhecimento político da LÍNGUA DE SINAIS BRASILEIRA - LIBRAS pela comunidade surda brasileira e sua incorporação a todos os setores da vida social.
Lutemos para o IMEDIATO cumprimento de todos os direitos conquistados pela comunidade surda brasileira, assegurados pela Lei de Libras e pelo Decreto 5626/2005.
NÓS, SURDOS PARANAENSES QUEREMOS:
O direito à comunicação e ensino em LIBRAS, nas escolas onde estudamos!
Aprender o PORTUGUÊS como SEGUNDA LÍNGUA, com processos avaliativos que respeitem nossa diferença lingüística!
EDUCAÇÃO BILÍNGUE em todas as escolas de Educação Básica onde estão matriculados alunos surdos!
CONCURSO PÚBLICO e CONTRATAÇÃO IMEDIATA de professores surdos para atuar nas escolas!
Inclusão da DISCIPLINA DE LIBRAS em 30% dos cursos de formação de professores, nas universidades públicas e privadas, como prevê o Decreto 5626, até 2009.
INTÉRPRETES DE LIBRAS e funcionários capacitados para nos atender nos serviços públicos, com DESTAQUE À ESCOLA DITA INCLUSIVA!
Os Surdos não precisam de intérpretes apenas nas escolas! São trabalhadores e frequentam cinemas, teatros, shoppings e supermercados. Tiram carteira de motorista, viajam, ficam doentes, pagam telefone, água, luz, impostos e, também, são roubados!
Como viver em sociedade sem a possibilidade de utilizar todos os serviços SEM A PRESENÇA DE INTÉRPRETES!!!!
Queremos denunciar o FRACASSO DO PODER PÚBLICO em atender nossos direitos, que encobrem a real condição da educação dos surdos nas escolas brasileiras com PROFESSORES DESPREPARADOS, AULAS ORAIS, COMO SE FOSSEM OUVINTES, PROPOSTAS PEDAGÓGICAS BILÍNGUES APENAS NOS DISCURSOS E NOS PAPÉIS.
Lutamos por uma educação bilíngüe que não resuma a Libras à presença do intérprete nas escolas!
Queremos professores surdos, professores ouvintes bilíngües, um currículo que contemple as manifestações artísticas e culturais dos surdos e que permita conhecer a história do povo surdo e a opressão da língua de sinais, no último século!

Convidamos para a
CAMINHADA EM DEFESA DA OBRIGATORIEDADE DA LÍNGUA DE SINAIS NAS ESCOLAS!

DIA: 01 DE JUNHO DE 2009

PERCURSO:
Concentração na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, em direção ao Centro Cívico (Prefeitura Municipal de Curitiba, Assembléia Legislativa, Palácio Iguaçu)


Fonte: Informação concedida por Comunidade Surda de Paraná




Vejam o vídeo falando da manifestação




3 comentários:

Consultora Natura disse...

adorei as informaçções

Regiane disse...

é isso ai..o que é certo é certo, temos que lutar pelos direitos de todas as pessoas...eu vou na caminhada!!! sou de Paranavaí, vou viajar 600 km pra apoiar esta causa!!! contem comigo!!!
Um abraço!!!

paulo disse...

Sou uma ovinte,e gostaria de fazer trabalho comunitário com surdos.
Mas não sei nenhum local que tenha esse serviço,gostaria de que alguém me dissese.
Obrigada!!!
Mariana Ludewig