segunda-feira, 29 de junho de 2009

COPERVE lança o livro “Exame Prolibras"

Livro ressalta a formação e o papel do professor surdo e do tradutor-intérprete na língua brasileira de sinais

A expansão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) pode ser medida por vários indicadores, mas um dos mais importantes é que já existem 1.940 professores e 2.203 tradutores-intérpretes atuando nesta área em todo o Brasil. Para este público, e para os próprios alunos surdos e ouvintes alcançados pelo programa, a Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) da Universidade Federal de Santa Catarina apresenta o livro "Exame Prolibras", que será lançado segunda-feira (29/06), às 18h30, no hall da Reitoria, no campus da Trindade. De autoria de Ronice Quadros, Júlio Szeremeta, Edemir Costa, Maria Luíza Ferraro, Olinto Furtado e João Carlos Silva, a obra é o registro singular de uma experiência sentida e vivida entre os anos de 2006 e 2008 em todos os estados brasileiros. "Ao mesmo tempo em que evidencia a importância do professor surdo para o ensino de Libras, o livro destaca o papel do tradutor-intérprete no espaço pedagógico", diz o professor Vilmar Silva, do Instituto Federal de Santa Catarina. "O Exame Prolibras tem por princípio educativo o diálogo entre surdos e ouvintes que lutam incansavelmente na construção de um quadro de profissionais para a educação de surdos", completa. O Programa Nacional para Certificação de Proficiência no Uso e no Ensino de Libras e para Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação de Libras (Prolibras) foi instituído pelo MEC em 2006. Tem abrangência nacional e é realizado em parceria com instituições públicas de ensino superior de todas as unidades da Federação, sendo que nos anos de 2006 a 2008 a UFSC foi credenciada como sua coordenadora e executora. Segundo o professor Vilmar Silva, os dados apresentados no livro resultam de uma política educacional bem-sucedida. Após muitas décadas de lutas, os movimentos sociais surdos conquistam uma legislação que privilegia a experiência visual, a formação e a contratação de profissionais bilíngües " Libras/Português " para a educação de surdos. O decreto nº 5.626 estabelece que o Exame de Proficiência em Libras ?deve avaliar a fluência no uso, o conhecimento e a competência? para o ensino da língua brasileira de sinais, cuja "certificação de proficiência em Libras habilitará o instrutor ou o professor para a função docente?. Porém, o Exame Prolibras avança em relação ao decreto quando estabelece em um de seus objetivos "certificar a proficiência em tradução e interpretação da Libras/Língua Portuguesa/Libras para o exercício dessa função, prioritariamente, em ambientes educacionais". Durante os três anos em que o exame foi realizado, 282.600 pessoas acessaram o site do Exame Prolibras. Nesse período, o concurso envolveu 2.051 profissionais em sua execução. "Se num passado recente não tínhamos profissionais oficialmente reconhecidos para a educação de surdos, já não podemos dizer o mesmo no dias de hoje", ressalta Vilmar Silva. Após três edições, há no Brasil 4.143 pessoas certificadas pelo Prolibras, sendo 1.940 para atuar no ensino e 2.203 na tradução e interpretação da Libras. "Vale destacar a importância desta ação tendo em vista o compromisso efetivo do governo federal com o direito à educação e, conseqüentemente, à inclusão de todos os alunos no sistema regular de ensino", afirma a professora Marlene de Oliveira Gotti, do Ministério da Educação.


Mais informações na Coperve/UFSC, pelo telefone (48) 3721-6200.

http://www.agecom.ufsc.br/index.php?secao=arq&id=9335

Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina
Autor: Redação





Fotos:

Abertura de lançamento do livro em auditório da reitoria UFSC

Ronice Quadros com pessoas presentes no lançamento

Livros "Exame Prolibras"

Tutora de letras/Libras, Msª Emiliana Rosa; Professora Drª Gladis Perlin e Professora Drª Marianne Stumpf



Diretora-presidente da feneis Profª Drª karin Strobel com uma das autoras do livro, Profª Drª Ronice Quadros


Grupo de Surdos presentes em lançamento do livro



Diretora administrativa da Feneis, a Profª Msª Shirley vilhalva junto com o reitor da UFSC, Sr. Prof. Dr. Prata.



Fotos: Shirley Vilhalva





4 comentários:

Vera Travassos disse...

Olá pessoal,
Parabéns pelo Blog! Adorei encontrar pessoas conhecidas (Paulo André e Shirley Vilhalva.
Fiquei interessada no Livro "O Exame Prolibras". Como devo fazer para adquirí-lo?
Abraços!
Vera Travassos/Belém-Pará

Trabalhando com surdos disse...

Karin, gostaria de saber quantos anos é valido o certificado do Prolibras, pois fiz no 1º ano 2006 e gostaria de saber se tem o prazo de 5 anos como os demais certificados?
Aguardo sua resposta
msoaresdelima@hotmail.com
Forte abraço
Marinélia Soares

karin strobel disse...

Vera Travassos,
Estes livros foram feitos somente 50 exemplares que foi distribuido no lançamento.
Eles vão tentar ver se conseguem colocar em versão pdf no site de coperve.
vamos aguardar!
beijos
karin strobel

andreagiovanella disse...

PARABENS! MAIS UMA LUTA PELO DIREITOS DE SURDOS E DE TRADUTOR/INTERPRETE PELA VITORIA.
BOSTEI MUITO DO LIVRO O EXAME PROLIBRAS.
ABRACOS TODOS
ANDREA GIOVANELLA - ANGRA DOS REIS